quinta-feira, 23 de julho de 2009

quentão

Daí que eu fui numa quermesse lá em Nikite. Porra, eu tava numa quermesse e tava um friozinho bom; encasquetei de tomar vinho quente.
Mas, geeeeente, será q só existe vinho quente aqui em Sampa City?

- Moço, tem vinho quente?
- Tem sim, moça.
- Então me vê um, por favor.
- Seco ou suave?

Oh oh! Algo errado. Vinho quente seco ou suave?? Nunca vi isso na minha vida, marujo! Mas, por via das dúvidas, né...

- Suave.

É então q o mancebo abre o freezer horizontal e me saca um galão de Sangue de Boi.

- Hããã... Não, moço, eu quero vinho quente!
- Ah, moça, mas não tá gelado não, acabei de botar na geladeira!
- Não, moço! (já me segurando no balcão pra não cair no chão de tanto rir) Eu quero vinho quente!!!!!!!!!!
- Então, mas tá quente! Põe a mão aqui, ó.
- ...

Acabou q eu bibi cachaça mermo.


(soundtrack: REM – Hollow Man)

Um comentário:

honey disse...

Gracinha de texto!
mais um de ritmo gostoso, que flui que é uma beleza! Além de risível, claro!
beijoca