terça-feira, 14 de julho de 2009

de bicicleta, bicicletinha

Quem me conhece sabe da minha esporádica falta de critérios. E o Ridijanero tava com um clima assim, meio sei lá, sabe?

Aí, né?, que mais cerveja menos hora eu saí do meu zero a zero eterno e fiz um placar boniiiiiito [not] e que deu o que falar. E ainda fui pra casa de namoradinho dormindo no 100 no colo do gatho.

Deve ter sido resultado da chuva que me deixou com cabelo com dreads naturais, maquiagem de panda e cara de puta amanhecida. (juro que ouvi isso. no começo da noite. ainda tava sóbria. enfim.)

Mas, ahhh, q coisa bela. Fazia teeempo que não me divertia tanto. Melhor feriado ever. Além de tudo matei (só um pouquinho) as saudades da irmana e saí no saldo de duas novas BFFs.
Obrigada, Rio.
p.s.: da próxima vez eu dispenso cair de quatro no meio da Lapa e arrebentar meu joelho, tá? ¬¬'

Um comentário:

Cristal - a louca. disse...

Puta amanhecida é foda. Adoro essa expressão.

Lapa? Fooooooooooooge amiga. Tenho medo das coisas que acontencem por lá e ó na boua??? Querendo companhia... não que eu seja uma boa, mas enfim a vida é assim... os bons convites nunca vem pra nóis. kkk

Beijundas ^^